domingo, 1 de novembro de 2015

Download I Hate You - Super Mario World Creepypasta (PC)


(Download no final da postagem.)
"Essa não é uma história de "Jogos Amaldiçoados" ou coisa do tipo. Em nenhum momento você vai me ver dizendo que o jogo falou comigo, demonstrou reações ao que eu dizia, ou que me forçou a socar meu próprio rosto repetidamente.

Não, isso não é nada sobre um jogo amaldiçoado ou um jogo fazendo algo impossível ou algo que não devia estar ali. Tampouco é sobre um glitch ou uma mensagem satânica oculta e em nenhum momento eu liguei pra Nintendo apenas pra ouvir respostas sussurradas ou gritos de agonia. Essa história é sobre uma fase que ninguém mais conseguiu abrir. Só isso.

Não tem fantasmas, não tem conspiração. Só um segredo que nós devíamos achar, mas nunca achamos. Algo que afeta a infância de toda uma geração, e a essência de uma franquia multimilionária (ou seria multibilionária?)

Essa é uma história sobre o que eu creio ser um final alternativo nunca antes descoberto para o Super Mario World, no Super Nintendo.


Em 1996, eu ganhei meu primeiro computador. Eu já tinha usado a internet antes, já tinha usado um computador antes, mas sempre na escola ou na casa de algum amigo. Esse, no entanto, era meu. Todo meu. Explorei aquela internet pré histórica com grande interesse - baixei vários tipos de pornografia e até mesmo imprimi, o que não faz o menor sentido.

Eu também pirateava como um louco. Música, jogos, tudo. Foi nessa época que eu descobri SMW. Eu nunca tive um Super Nintendo, então era uma grande novidade pra mim. Baixei várias ROMs junto com o emulador de SNES, mas SMW era meu jogo favorito. Por mais de uma década, essa ROM de SMW era meu passatempo favorito. Eu jogava por horas, derrotava o Koopa cada vez mais rápido até que eu comecei a explorar cada mundo sem nenhum propósito específico. Os códigos do Game Genie ajudavam imensamenet. Eu podia desligar o timer ou entrar em um mapa específico enquanto esperava o download de qualquer coisa. Eu devo ter zerado o jogo inúmeras vezes usando esses códigos. Eu gostava dessa minha rotina obsessiva-compulsiva... mas isso tudo mudou quando eu vi o Blind Boo.

O Blind Boo, que é como eu o chamo, estava por cima do cano que levava para a saída da "Sunken Ghost Ship", uma das últimas fases do jogo. Eu o chamo assim porque ele não tinha olhos. Era como se eu estivesse jogando um dos vários hacks que existem por aí... mas eu sabia que aquele era o jogo normal. Eu já jogava essa mesma ROM há anos.

O Blind Boo simplesmente ficou ali, em cima do cano... bloqueando a passagem. Eu virei de costas pra ele, mas ele não me perseguiu. Como poderia? Ele nem mesmo podia me VER.

Então, eu notei algo estranho...



Havia uma chave e uma fechadura acima desse cano. Aos que por qualquerm otivo não sabem disso, chaves e fechaduras servem para terminar a fase de um outro jeito e descobrir uma fase secreta. Mas não havia nenhuma chave ou fechadura nessa fase, e eu sabia disso. Por um momento eu cheguei a pensar que eu tinha QUEBRADO a ROM de tanto usá-la!

Eu peguei a chave e abri a tal saída secreta, imaginando que o jogo iria travar e eu ia ter que reiniciá-lo. Entretanto, acabei abrindo um novo caminho no mapa:



Uma espécie de vórtice do lado da entrada para o último mundo do jogo. Decidi ver do que se tratava...



"Oh God No"

Pra ser sincero, não achei muito estranho. Se você já jogou Super Mario, sabe que há uma área chamada "Special World" onde algumas fases tem nomes desse tipo. Coisas como "Tubular", "Gnarly" "Outrageous" e outras palavras aleatórias. O que me causou estranheza, na verdade, foi a expressão do Mario. Supresa? Choque? Medo?

Decidi entrar na fase.



O que era estranho era que um buraco no meio da água começava com uma animação típica de castelos ou fortalezas. Eu ainda podia dizer que era uma fase aquática, afinal, haviam bolhas de ar saindo da boca do sprite do Mario.

Dentro do castelo, parecia mais e mais que eu estava vendo algum tipo de glitch...



Não havia espaço pra pular. Não era possível fazer nada além de ir pra esquerda e direita. Eu devo ter corrido rumo à direita por dez ou vinte minutos, apertando o botão B e correndo tão rápido quanto possível.

Depois de um tempo eu encontrei um ou dois Blind Boos nesse espaço escuro acima. Depois três ou quatro... e então a tela estava cheia deles.



Eles simplesmente ficavam ali, sem fazer coisa alguma Eles não me perseguiam, assim como o primeiro Blind Boo. Se eu fizesse qualquer barulho... como o som que o Mario faz quando pula... eles simplesmente TREMIAM um pouco, como se soubessem que o Mario está aí, mas não pudessem fazer nada a respeito e simplesmente dessem de ombros.

Então uma coisa me fez parar e virar na direção oposta.



Eu sabia agora que essa fase tinha sido feita pra tentar acabar com o jogador a todo custo. Não por causa da gigante Banzai Bull sofrendo de uma hemorragia facial intensa, mas porque era IMPOSSÍVEL de acabar com ela.

Não havia nenhum jeito de matá-la, como você pode ver nessa screenshot. Bem, a menos que você soubesse dos Game Genies como eu. Ativei o código para invencibilidade permanente.



Depois de fugir dessa Banzai Bill por algum tempo, eu parei, e matei-a com apenas um toque. Então, eu notei uma mensagem que não estava ali quando eu havia passado antes.

"I HATE YOU!"

ISSO me deixou um pouco assustado. Mas ao mesmo tempo era um pouco interessante, porque isso significava que essa fase estava programada para existir. Eu podia notar uma espécie de enredo aqui. Algo nunca antes descoberto.

O que significava? QUEM me odiava? Koopa parecia a resposta mais óbvia. Ou talvez apenas os fantasmas. Quando se está num castelo assombrado que você encontrou após sair de um navio naufragado - que também é assombrado - , uma mensagem escrita em algo que parece sangue não é tão assustador.

Eu vi essa mensagem de novo ao me aproximar de alguns Giant Boos...



Agradeci a Deus que os Blind Boos tivessem sumido agora, porque quanto mais eu os observava tremer, mais desconfortável eu ficava... era como se eu tivesse pena deles.

Parei de agradecer quando fiquei de costas para os Giant Boos e ISSO aconteceu...



Giant Boos com caras que eu nunca tinha visto antes. Eles sempre pareciam BRAVOS quando perseguiam você, bravos por você ter invadido suas casas. Mas isso era diferente. Eles pareciam dementes. Eu podia ver suas gargantas, o que era bizarro já que nunca haviam tantos detalhes na boca dessas criaturas. E claro, havia essa mensagem que você está vendo na imagem: "WHY WON'T YOU DIE?!"

... Eu não sei. Eu TENHO que morrer? Quem está perguntando??

Eu deixei que os Giant Boos me tocassem, e eles morreram como a Banzai Bill que eu havia derrotado antes. Apesar de tentarem ASSUSTAR o jogador com isso, eu sabia que um código de invincibilidade me deixaria INVENCÍVEL independentemente do que eles jogassem em mim.

Depois de correr por mais um bom tempo nesse corredor claustrofóbico, cheguei até um cano. Descendo por ele, cheguei em uma área cheia d'água. Fazia sentido, já que era um castelo submerso ou qualquer coisa do tipo. Depois de encontrar um mushroom, segui adiante na fase. As primeiras criaturas que eu encontrei foram Thwomps. Você provavelmente sabe que Thwomps são criaturas quadradas, feitas de pedra, que ficam no teto e tentam esmagar você quando passa por elas. Bem, esses Thwomps esmagavam o chão sem qualquer razão lógica, e de maneira aleatória. Eles simplesmente desciam do teto quando achavam que deviam. E aparentemente, essa estratégia havia dado certo...



Mais sangue. Isso é completamente absurdo pra um jogo da franquia, já que eu não me lembro de ter visto SANGUE uma única vez que fosse em nenhum outro jogo. Agora eu já tinha visto três vezes. A Banzai Bill, as mensagens e esses Thwomps que esmagavam suas vítimas (quem?) para sempre.

Aproveitando que ainda estava invencível, andei por baixo dessas coisas, me encarregando de que cada um me tocasse e morresse. Haviam quase TRINTA deles enfileirados. A visão deles esmagando o chão ensanguentado repetidamente e sem qualquer razão lógica fez com que eu os odiasse incrivelmente. O que era estranho era que o sangue no chão fazia com que Mario deslizasse como em uma fase de gelo.

Depois de passar por isso, cheguei em uma área mais aberta, onde eu tinha que nadar desviando de espinhos no teto e no chão. Era difícil de passar por ali sem esbarrar neles, mas era um tanto divertido também.

Deixou de ser divertido depois de um tempo.



Agora fazia sentido. Aquele monte de sangue que os Thwomps haviam feito? Outros Marios. Marios do passado que tentaram passar por essa fase e falharam. Eu não pude deixar de achar isso interessante, embora um tanto mórbido.

Os corpos apenas boiavam um pouco, como se estivessem em um lugar com correnteza fraca. Era incrível, e eu não podia acreditar que eu era a primeira e provavelmente única pessoa a ver isso. Mas de repente...



Sem nadar... sem fazer qualquer tipo de movimento, os Marios mortos começaram a me seguir como torpedos. Seus rostos continuavam inexpressivos e completamente azuis e... mortos.... mas eles ainda se moviam em uma velocidade assustadoramente alta.

Eles se moviam das mais diversas maneiras tentnado me atingir, deixando quase espaço nenhum para que eu nadasse. Eles continuavam tentando me atingir e... eu não conseguia deixar que eles me tocassem. Eu nadei com toda rapidez e agilidade que eu jamais tive na minha vida, tentando impedir que as vítimas afogadas atingissem Mario. Quando eu finalmente cheguei no cano, que você vê acima, haviam pelo menos dez Marios mortos tentando me atingir a todo custo.

Entrei no cano tão rápido quanto pude, grato por ter funcionado e ter conseguido tirar Mario dessa situação bem rápido. O corredor em que entrei estava vazio. Um enorme corredor aquático sem nada tentando te matar ou qualquer coisa que você precisasse desviar. Trazia uma espécie de sensação de segurança. No fim do corredor, encontrei aquela porta vermelha que você habitualmente encontra antes de enfrentar o chefão.

Atrás da porta, um mushroom estranho.



Se você acha que eu peguei essa merda, errou feio.

Entrar pela porta fazia aquilo que você podia esperar. Mario apareceu novamente naquela ponte de madeira acima da lava.

... Ou será que isso era sangue?

Entretanto, eu percorri a ponte inteira e não achei nenhuma criatura. De repente, Mario olhou para o lado e congelou. Eu não podia controlá-lo. Ele simplesmente ficou ali.



Eu não tinha notado isso na primeira vez, então não espero que você veja logo de cara. Se você não percebeu ainda, olhe pra terceira janela da esquerda pra direita.

Mario pareceu recuperar sua compostura e começou a percorrer a ponte novamente, ainda à procura de alguma criatura. Eu não podia controlá-lo, então desisti de tentar e apenas observei. Isso continuou pelo que pareceu uma eternidade. Nada acontecia. Então uma figura familiar entrou pela direita.

Toda de verde, alta e irritada.

Luigi.

Mario recuou, apavorado. É difícil dizer isso sem pensar no quanto é bizarro, mas Mario realmente recuou, apavorado de um jeito um tanto incomum para um enérgico, feliz e sortudo mascote como ele.

E então, Luigi falou.



Agora fazia sentido. As mensagens pelas paredes... "I HATE YOU!" e "WHY WON'T YOU DIE?!"

Luigi.

Ele sempre foi o Player 2. Sempre foi aquele que nunca conseguiu resgatar a Princesa. Não importa o quanto ele seja idêntico ao Mario em suas habilidades e coragem, no fim o jogo ainda é "Super Mario Brothers" e ele é eternamente apenas "the Brother".

O quanto ele não deve ter odiado Mario ao longo dos anos... mas quem de nós não odiaria? Pense bem. Não importa o que aconteça, Mario sempre volta. Não importa quantas vezes ele morra, ele sempre volta mais uma vez para salvar o mundo e conquistar toda a adoração do público.

Koopa não trabalhava sozinho? Não entendi isso num primeiro momento, mas depois de pensar um pouco tudo fez sentido. COMO exatamente ele conseguia sequestrar a princesa tantas vezes?

Desde o primeiro dia, desde o primeiro Mario Bros., ele sempre teve um agente infiltrado.

Ainda incapaz de controlá-lo, eu observei Mario simplesmente se encolher, apavorado, enquanto Luigi pulava... tão alto quanto era possível em Mario Bros 2.



Ele pulou em cima de Mario, que não fazia nada além de chorar... e pulou... e pulou... e pulou...

Eu não podia pará-lo.



Quando parou, ainda furioso, ele começou a observar o corpo do Mario caído no chão.




Então a ponte começou a sumir. Logo, Mario iria morrer. Enquanto observava, não pude deixar de pensar - dessa vez, sua morte seria permanente?













De repente, quando Luigi fez a pose da vitória, como ele fazia quando terminava uma fase, Mario ficou de pé novamente e o atacou. Medo e tristeza deram lugar a fúria, e Mario derrotou seu irmão sem muito esforço.

Até hoje, eu ainda sou assombrado pelo resultado final de sua retaliação...




Era o título da fase. Não era um glitch, não era um engano, não era um desenvolvedor se vingando da Nintendo, e não era um FANTASMA assombrando um cartucho da Nintendo.

Era uma parte planejada do cânone dos Mario Brothers.

Se você passasse pela mesma fase várias veses, uma parte secreta do mundo se abriria, e você iria aprender que desde o primeiro jogo, Luigi estava lutando CONTRA você, e ajudando na captura da Princesa.

Mas por que?

Dinheiro? Poder? Não, ele tinha tudo isso. Era simplesmente porque ele não aguentava mais ficar fora dos holofotes. Não aguentava mais não ser o Mario.

Depois que Luigi morreu (de verdade)... Mario simplesmente sentou-se à beira da ponte e chorou.



Eu tive que assistir isso por minutos até que a tela ficasse preta e eu voltasse para o mapa. Joguei o jogo todo novamente para ver se algo havia mudado. Nada. Definitivamente, aquilo tudo era mesmo parte da história.

Não pude entrar naquele vórtice de novo Eu já tinha visto tudo uma vez, e provavelmente não era permitido que eu visse de novo. Eu tinha de continuar com o jogo. Aquele mesmo jogo que eu jogava desde os anos 90, e que provavelmente continuarei jogando até o fim dos meus dias.

Bem, na verdade, uma única coisa estava diferente: a imagem final.

"- Creepypasta Brazil
----------------------------------------------------------------------------------
Idioma:
Inglês
Peso:
40MB
Download:
MEGA

2 comentários:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...